• Ronaldo Terra

Tudo o que você precisa saber sobre intercâmbio no Canadá


Intercâmbio no Canadá: tudo que você rpecisa saber.

O Canadá é um dos destinos mais procurado pelos brasileiros que querem fazer intercâmbio, e motivos para isso não faltam.


O país tem uma das melhores qualidades de vida do mundo, tendo três cidades no ranking internacional das 10 melhores cidades para se viver – Toronto, Vancouver e Calgary, atraindo pessoas de todos os cantos do mundo. O Canadá recebe cerca de 500 mil intercambistas por ano, 50% deles oriundos do Brasil.


Felizmente, estrangeiros são muito bem-vindos no país, que tem uma das populações mais diversas do mundo. Cerca de 22% dos 37 milhões de habitantes são imigrantes. As grandes metrópoles canadenses proporcionam o contato com diversas culturas e etnias, como chineses, coreanos, indianos, italianos e portugueses.


Além disso, o Canadá é um país bilíngue, tendo inglês e francês como as duas línguas oficiais, graças ao seu histórico de colonização. Por isso, o país é um excelente destino para quem quer aprender e praticar qualquer um destes idiomas.

Tipos de intercâmbio no Canadá


Há diferentes programas de intercâmbio para o Canadá, variando de acordo com a duração, custo e objetivo desejado por cada pessoa. É possível achar desde cursos de idiomas de 2 semanas, até cursos profissionalizantes de 1 a 2 anos que dão direito a trabalhar.

Cursos de idioma no Canadá


Os cursos de idioma no Canadá podem durar de 2 semanas a 1 ano. Muitos brasileiros optam por cursos de curta duração, para fazer durante as férias, enquanto outros optam por cursos de longa duração, para passar mais tempo no país e ficar mais imerso na língua e na cultura local.


As escolas de idioma atendem a todos os níveis, desde quem não sabe absolutamente nada, até quem já é experiente na língua. As escolas geralmente realizam um teste de nivelamento antes do início do curso para colocar o aluno em uma turma de nível adequado.


Também há cursos com finalidades mais específicas, como inglês para negócios, ou com foco na preparação para testes de proficiência, como IELTS e TOEFL.


Além das aulas, muitas escolas também oferecem atividades extras como festas, passeios e excursões.


Para cursos com menos de 6 meses de duração não é necessário visto de estudante, apenas de turista. É importante ressaltar que estar matriculado em um curso de idioma não dá direito a trabalhar legalmente no Canadá.

Estudo e trabalho no Canadá


A não ser que você tenha uma oferta de emprego de uma empresa canadense, uma das opções mais acessíveis para quem quer estudar e trabalhar no Canadá são os career colleges, parecidos com os cursos técnicos do Brasil, que são programas profissionalizantes em áreas como administração, marketing, hotelaria, etc. A duração do programa varia de 6 meses a 2 anos.


Geralmente, este tipo de programa (co-op) inclui um período de estágio na área para obtenção do diploma. A intenção aqui não é ganhar dinheiro, mas sim experiência.

Alguns programas, no entanto, também dão direito a trabalhar 20 horas por semana durante o período letivo, sem a necessidade de uma permissão de trabalho.

Faculdade no Canadá


Com tantas instituições de ensino renomadas, muitos estrangeiros investem em sua formação nos muitos colleges e universidades do Canadá. Enquanto os colleges tem foco na preparação de profissionais, as universidades tem foco acadêmico, e são voltadas para estudantes que desejam obter um grau de bacharelado ou mestrado, por exemplo. Este tipo de programa geralmente dura vários anos.


Estudantes de ensino superior podem trabalhar por 20h durante o período letivo, e até 40 horas durante o período de recesso. Muitos programas também dão direito a um Post-graduation Work Permit (PGWP), uma permissão de trabalho temporária para estudantes que concluem o curso, para que ganhem experiência na área de formação. É preciso consultar na lista oficial do governo se a instituição oferece este tipo de programa.


A experiência profissional após a conclusão do programa conta pontos para o processo de imigração permanente, o que pode ser uma grande vantagem para quem tem planos de se mudar para o Canadá no futuro.


Algumas instituições no Canadá também oferecem cursos de especialização, conhecidos como Continuing Education Programs, ideal para quem já é formado e busca uma certificação em uma determinada área. Em geral, os cursos duram alguns meses e os preços são bem mais em conta que um programa de graduação.

Escolas de idiomas no Canadá e Universidades no Canadá


Um dos primeiros passos para planejar o intercâmbio é decidir o programa e a instituição onde estudar, e opções não faltam.


Entre as escolas de inglês, algumas das mais renomadas são: Kaplan, ILAC, ILSC, EC, LSI, Tamwood, entre outras. Algumas delas são bilíngues, e também oferecem cursos de francês.


Já no ensino superior, há 5 instituições que figuram na lista das 100 melhores do mundo, de acordo com o ranking da Times Higher Education. São elas: University of Toronto, University of British Columbia, McGill University, McMaster University e University of Montreal. Como são muitas, uma opção é utilizar esta ferramenta do governo canadense para buscar programas de acordo com a área, idioma, nível de ensino e localização.

Acomodação para seu intercâmbio no Canadá


Há diversos tipos de acomodação para morar durante o período do intercâmbio. Muitos jovens ficam em casas de família (homestays), que proporcionam um contato maior com a cultura e o idioma local. As famílias são pagas para receberem os hóspedes, e geralmente incluem alimentação como parte da estadia. A acomodação geralmente é arranjada pela agência de intercâmbio ou pelas próprias escolas.


Outra opção são as residências estudantis, ideais para quem quer mais liberdade ou vai passar mais tempo estudando no país. As residências podem ser dentro ou fora do campus, e geralmente possuem quartos privados ou compartilhados, além de facilidades como lavanderia, cantina, academia, etc. As instituições de ensino geralmente possuem um departamento dedicado a ajudar os alunos no arranjo da acomodação.


Muitos estrangeiros também dividem o aluguel de um apartamento, o que pode ser vantajoso, dependendo da situação. Há sites especializados em encontrar roommates (colegas de quarto), como o EasyRoommate e o Roomster.

Custo de vida para se manter no seu intercâmbio no Canadá


O custo de vida no Canadá depende muito da cidade e do estilo de vida da pessoa. No geral, o custo de vida entre estudantes internacionais varia entre CAD$ 20.000 e CAD$ 30.000 por ano (incluindo despesas com estudos, alimentação, saúde e transporte).


Ainda assim, o Canadá é uma alternativa muito mais barata que outros destinos concorrentes. Segundo o site Expatistan, o custo de vida em Toronto e Vancouver é cerca de 35% mais barato que Nova York, e 25% mais barato que Londres.


Uma refeição em um restaurante econômico, por exemplo, custa entre CAD$ 10 e CAD$ 15, mas sempre é possível economizar comendo nos refeitórios estudantis. No supermercado, com cerca de CAD$ 300 é possível comprar comida e mantimentos suficientes para um mês. O transporte público também é acessível: em Toronto, por exemplo, uma passagem de ônibus ou metrô custa CAD$ 3,25, e o passe mensal pode ser adquirido por CAD$ 128 sendo estudante.


Também é importante considerar o gasto com seguro saúde, necessário caso o programa seja de curta duração. Para intercâmbios mais longos, alguns estudantes são cobertos pelo sistema público de saúde, porém as regras dependem de cada província, já que o Canadá não possui um sistema único nacional.

Visto


A boa notícia é que, para programas com menos de 6 meses de duração, não é preciso visto de estudos, sendo possível entrar no país como turista.


Para brasileiros que possuem um visto americano válido, o processo é bem fácil: basta solicitar o eTA – uma autorização eletrônica de viagem – diretamente pela internet, mediante o pagamento de uma taxa de CAD$ 7. A autorização é enviada por e-mail e o documento já fica vinculado ao passaporte, facilitando a entrada no país.


Para brasileiros que não possuem o visto americano, é preciso solicitar o visto canadense de visitante, que custa CAD$ 100 e dá direito a permanência de até 6 meses no país. O processo é feito pela internet através deste site, que inclui uma lista dos documentos necessários para brasileiros. Também será preciso coletar dados de biometria em um dos centros autorizados no Brasil – localizados em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Recife – o que exige o pagamento de mais uma taxa de CAD$ 85 pelo serviço.


É importante lembrar que o visto de visitante/turista não dá direito a qualquer tipo de trabalho no país.


Caso a duração do programa seja superior a 6 meses, será preciso solicitar um visto de estudos, mesmo tendo o visto americano. O visto de estudos custa CAD$ 150 e tem exigências um pouco diferentes do visto de visitante, como a realização de um exame médico, comprovação de recursos financeiros para se manter no país, e uma carta de admissão do programa onde o estudante está matriculado. O processo pode ser feito a partir deste site.

Principais cidades para intercâmbio no canadá


É difícil comparar os principais destinos canadenses. Cada cidade possui suas particularidades, apesar de muitas semelhanças.


Toronto é a capital financeira do país – e não a capital oficial, como muitos pensam – sendo a quarta cidade mais populosa de toda a América do Norte. É uma das metrópoles mais cosmopolitas e multiculturais do mundo, além de um importante centro para a música, cinema, teatro e televisão. A cidade é conhecida pelos muitos arranha-céus e pela CN Tower, que foi por muito tempo a construção mais alta do mundo. Toronto fica a 2h de distância de Niagara Falls, na fronteira com os EUA, e a 9h de distância de Nova York.


Vancouver fica na outra ponta do Canadá, e está sempre nas listas das melhores cidades do mundo para se viver. A cidade combina o melhor de uma cidade grande, como uma boa infraestrutura de transporte e as muitas opções de lazer, com uma atmosfera leve e natureza abundante. A grande vantagem de Vancouver é que o inverno é mais ameno do que nas outras grandes cidades canadenses, apesar de ser mais chuvosa.


Montreal fica na parte francesa do Canadá, apesar de boa parte da população ser bilíngue, e sua arquitetura remete muito às cidades europeias. A cidade tem belíssimos parques e já foi considerada uma das 10 melhores cidades para estudantes do mundo, segundo a QS.


Outros destinos populares entre os intercambistas são Ottawa (a capital), Quebec, Victoria e Calgary.

Clima no Canadá


Uma das grandes preocupações dos estrangeiros é o inverno canadense, já que a temperatura nas principais cidades pode chegar a -30°C durante o inverno.


A verdade é que as cidades são muito bem adaptadas para este tipo de clima, com a maioria dos lugares equipados com sistemas de calefação, e sistemas de túneis e shoppings subterrâneos em cidades como Toronto e Montreal que até dispensam a necessidade de sair nas ruas.


A primavera (de março a junho) possui temperaturas agradáveis, ideal para passeios ao ar-livre, apesar da grande oscilação. O verão pode ser bem quente, como o Brasil, e os dias duram mais, anoitecendo por volta das 21h. Já o outono é famoso pelas belíssimas paisagens, com árvores de diferentes cores e temperaturas amenas.

Trabalho remunerado durante seu intercâmbio no Canadá


Como já mencionamos, não é possível trabalhar legalmente no Canadá durante programas de intercâmbio com menos de 6 meses de duração.


Estudantes que possuem uma permissão de estudos e que estejam matriculados em cursos com mais de 6 meses de duração podem trabalhar até 20 horas por semana, desde que o programa permita. É preciso verificar as condições de cada programa.


Alguns sites bons de procura de emprego no Canadá são o Indeed, o Job Bank (coordenado pelo governo canadense), o Craigslist (uma espécie de lista de classificados), o Monster.ca e o Eluta.ca.


Lembre-se de que é necessário um bom nível de inglês (ou Francês dependendo da província), além de um currículo atualizado. Um perfil no LinkedIn também pode ajudar.


Vídeos de algumas cidades para seu intercâmbio no Canadá





Quer um orçamento para seu intercâmbio no Canadá? Deixe sua mensagem aqui e retornaremos com as promoções atuais.


Press on,

Ronaldo Terra

0 visualização