• Ronaldo Terra

Intercâmbio: Como planejar meu dinheiro?


Bem, primeiramente, antes de viajar, planeje os gastos com listas e pesquisas online. Assim, será possível gastar com compras, alimentação e passeios de forma correta para não faltar dinheiro no final do intercâmbio. Não se esqueça também de verificar a possibilidade de isenção de imposto para remessas ao exterior para fins educacionais

O dinheiro em espécie é essencial durante a viagem, para pequenas compras, transporte ou lugares onde o cartão pré-pago ou de crédito não são aceitos. Para economizar, procure a melhor cotação na hora em que trocar pela moeda estrangeira, evitando o câmbio e altas taxas dos aeroportos.

O cartão de crédito, além de ser um perigo aos compradores compulsivos, possui impostos (como IOF), taxas e câmbio muitas vezes desfavoráveis, pois a fatura pode fechar no dia em que a cotação esteja alta e as compras que estavam em promoção no exterior podem se tornar mais caras na hora de pagar o cartão. Por isso, use-o somente em situações de emergência.

E, por último, há o cartão pré-pago, que usa o câmbio do dia do depósito e pode ser carregado antes e durante a viagem em agências especializadas ou por transferências pela internet. As grandes operadoras de cartão no Brasil oferecem esse serviço, aceito na maioria dos estabelecimentos no exterior, porém não se esqueça de ter sempre uma segunda opção (como o dinheiro) à disposição, pois o que vale é aproveitar o intercâmbio ao máximo sem transtornos. Há diversas bandeiras para este tipo de cartão, Visa, Mastercard e etc. Vale a pena confirmar com seu consultor de intercâmbio (Excel Intercâmbio ;)) qual a bandeira mais aceita em cada país!

Regra de ouro: nunca leve apenas um tipo de meio de pagamento, sempre tenha um bom mix de cartões e dinheiro em espécie.

Essas são algumas dicas, se tiver alguma outra dúvida fale com a gente ou deixe seu comentário abaixo!

See you around! Equipe Excel Intercâmbio

0 visualização